Resenha Portal Opa: Escape 60: Medieval Times – Deus Salve o Rei

Inspirado na novela das sete da rede Globo, “Deus Salve o Rei”, o Escape 60 unidade Vila Olímpia criou uma sala exclusiva que transporta os amantes da trama para o cenário medieval do reino de Montemor, e a convite do site A Toupeira, nós fomos conferir junto com a equipe dos Escapers Divertidos.

Vamos começar esse relato falando de amor. Do amor que uniu o Príncipe Afonso a uma plebeia e o fez renunciar o reino de Montenor em Cália, obrigando seu inexperiente irmão Rodolfo a assumir a coroa; do amor pelo cenário – impecável e surpreendente –; do amor por essa parceria com os escapers e sintonia para completar todos os desafios que o jogo apresentava antes do tempo estipulado; e claro, do amor pelo nosso figurino.

Antes de mais nada, adianto que não darei spoilers; é muito bom sentir a adrenalina de conquistar tudo até o final e a tempo.

Nosso objetivo é evitar uma guerra. Com essa responsabilidade em mãos, vestimos o figurino, entramos nos personagens e fomos atrás da vitória.

A inexperiência de Rodolfo, que foi designado a assumir um papel tão importante, nos obrigou a embarcar nessa história: fomos transportados ao cenário medieval da trama (caracterizados) para enfrentar alguns desafios e encontrar um diário que guarda importantes segredos do reino e que pode evitar uma batalha sangrenta. O diário foi escrito pela avó Cristália e escondido no lugar mais improvável do castelo: a cozinha.

Agora, o diário não pode parar em mãos erradas. Temos 60 minutos para encontrá-lo e completá-lo, antes que desponte uma guerra no reino de Montemor.

A riqueza de detalhes, os enigmas super elaborados e a trilha sonora criam a tensão e fazem crescer a responsabilidade de lutar pelo sentimento que mais importa, o amor.

Príncipes e plebeia felizes, com cronômetro travado faltando 3:34, vencemos o desafio e salvamos o reino! Afinal, a união e o amor sempre vencem.

por Caroline Lima

*texto originalmente publicado no site Portal Opa.