Resenhas: Conhecemos a sala “A Casa da Moeda” da Escape Time

Sala: A Casa da Moeda

Quando: 17 de dezembro de 2019

Onde: @escapetimebr

Equipe: Mãozinha, Ruiva, Flecha e Quebra-Gelo

Convidados: Rafaela, Yasmin e Rodrigo

Resultado: Escapamos

Status: Sala disponível

O jogo nos conduz ao interior da Casa da Moeda, onde deveremos realizar um assalto que foi tentado, pela primeira vez, há 20 anos – sem resultado. Cabe ao grupo conseguir fazer a troca de um valioso diamante por uma simples réplica, sem ser pego pelo sistema de segurança e antes que a polícia chegue para levar todos para a cadeia. Tudo, como sempre, em até 60 minutos.

O cenário tem detalhes muito inteligentes que conseguem ligar todas as ambientações. Essa foi uma das salas que mais fez uso de tal artifício e, durante toda a partida é preciso ficar atento a pistas que estão em uma parte do espaço, mas que dizem respeito a algum ponto que já passamos – ou até mesmo a outro que ainda nem foi descoberto.

Nosso grupo contou com sete integrantes (o número máximo é de oito) e foi possível transitar sem nenhum problema pelos ambientes, assim como encontrar coisas simultâneas para quem ninguém ficasse parado. Com desafios bem diversos, várias habilidades são testadas – lembrando sempre que nada envolve esforço físico.

Cumprimos nossa missão faltando 7 minutos e 46 segundos para o término do tempo limite e fechamos com chave de ouro – e um diamante em mãos! – o ano de 2019, que foi repleto das mais diversas aventuras em salas de jogos de fuga.

Importante: Para chegar à sala é necessário subir um lance de escada e, dentro do espaço, não é possível transitar com cadeiras de rodas, uma vez que há um equipamento bastante limitador para esse tipo de objeto.

Pessoas com alguma limitação física podem até conseguir se locomover entre os ambientes, mas é provável que também não consigam participar de toda ação envolvendo os cenários. Se a limitação for visual, cabe dizer que a sala – na maior parte do tempo – conta com boa iluminação.

Confira as resenhas de nossos companheiros de equipe:

A Toupeira

CFNotícias

Expressão OnLine

da Redação ED