Resenhas: Conhecemos a sala “A Bomba” da Fugativa

Sala: A Bomba

Quando: 18 de outubro de 2019

Onde: @fugativaoficial

Equipe: Mãozinha e Ruiva

Resultado: Não Escapamos

Status: Sala disponível durante a @horrorexpobrasil

Para ser disputado em dupla, o jogo tem duração de apenas  5 minutos – mas, mesmo nesse tempo diminuto, é possível embarcar por completo na história proposta

O cenário resume-se a um ambiente pequeno que simula uma cabine de contenção de vazamentos – no centro há um barril, onde supostamente haveria material tóxico e corrosivo. É claro que isso é apenas parte do roteiro fictício da atividade que é completamente segura, não oferecendo nenhum tipo de risco à integridade física do participante

Como agravante, os escapers estão presos a esse objeto por uma espécie de pulseira magnética, o que limita ainda mais a movimentação dentro do local. Para escapar a tempo, é necessário encontrar uma senha que soltará os jogadores e impedirá a “explosão” do barril

Depois de várias tentativas frustradas e embora nossas companheiras de equipe – Mãozinha e Ruiva – tivessem alguma ideia do que fazer desde o começo, descobriram a senha correta faltando poucos segundos para o término do prazo limite e não conseguiram digitá-la a tempo

Assim como a sala Corredor da Morte (que também fomos conhecer), a atração gratuita foi criada especialmente para o público da Horror Expo, cuja primeira edição acontece de 19 a 21 de outubro no Pavilhão de Exposições do Anhembi em São Paulo.

Para jogar, basta ter coragem de encarar a bem organizada fila coordenada por monitores da Fugativa, que dão as orientações necessárias antes do início de cada partida

IMPORTANTE: Como o ambiente é bem restrito, talvez apresente alguma dificuldade para a participação de cadeirantes ou pessoas com mobilidade reduzida, assim como para aqueles que não se sentem confortáveis em locais fechados / pequenos

da Redação ED