Resenhas: Conhecemos a sala “Pânico no Expresso do Oriente” da Escape Time

Sala: Pânico no Expresso do Oriente

Onde: @escapetimebr

Quando: 06 de julho de 2017

Equipe: Usurpador, Mãozinha, Tangram e Poncho

Convidado: Pedro

Resultado: Não Escapamos

Status: Sala Disponível

O cenário da sala nos transporta para dentro de um luxuoso vagão de trem, dentro do qual há uma bomba programada para explodir em 60 minutos. Caberá aos escapers encontrar e desarmar o artefato a tempo.

O espaço é muito bonito, repleto de detalhes que podem fazer a diferença entre sair ou não da sala dentro do limite. Alguns enigmas são muito elaborados à primeira vista e, se a equipe não conseguir manter a calma diante do cronômetro, pode ter problemas em entendê-los – como foi, infelizmente, o nosso caso.

Vale dizer que a imersão na sala já começa antes mesmo do “embarque no vagão”, quando os jogadores podem escolher acessórios de época para se colocarem na pele de personagens e através de uma surpresa inicial que coloca as expectativas ainda mais nas alturas.

Lembrando que, apesar do nome semelhante, a sala não é baseada no livro “Assassinato no Expresso do Oriente” de Agatha Christie.

Confira as resenhas de nossos companheiros de equipe:

A Toupeira

CFNotícias

da Redação ED

One Reply to “Resenhas: Conhecemos a sala “Pânico no Expresso do Oriente” da Escape Time”

Comments are closed.